quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Mulher procura filha coiteense; Viu quando nasceu há quase 30 anos

Francinete Conceição Bento (Foto: arquivo pessoal)
 O jornal Sisal, apresentado por Márcio Mota na Rádio Sisal de Coité, levou ao ar quarta feira, 27/12, uma história especial. A dona Francinete Conceição Bento, natural de Jacobina, está procurando sua filha em Coité.

Segundo Francinete, que morava em Barreiros de Riachão do Jacuípe, teve um relacionamento com um rapaz de Coité, tendo como fruto desta relação, uma criança do sexo feminino. Na época, ela tinha 18 anos, o parto foi no hospital Almir Passos, hoje Hospital Português. 

Após 15 dias  do parto, já morando na casa dos familiares do pai da menina, o relacionamento não deu certo, ela deixou a criança com o pai, porque não tinha condições de sustentá-la. 
Francinete Conceição Bento (Foto: arquivo pessoal)
Francinete, agora com 45 anos, tenta localizar a filha, mas até o momento sem sucesso. Morando em Salvador, a mãe não tem parentes em Coité e não lembra do nome do pai da filha, apenas o apelido que é Antonio Coité, também não sabe o nome da filha, porque não chegou a registrá-la e pede ajuda para que possa encontrá-la, mesmo sabendo das dificuldades em razão da falta de detalhes mais específicos.