quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Brasileirão das táticas previsíveis‏


O Brasileirão terminou com cenas lamentáveis , mais não devemos esquecer que este foi um certame marcado por altos e baixos surpreendentes no ponto vista tático o que de certa forma quebrou a condição técnica de uma maioria esmagadora dos elencos.


O que queremos apontar , volta-se para a previsão das estratégias , uma vez que muitos técnicos não trabalharam a movimentação como o Marcelo Oliveira do Cruzeiro , Osvaldo Oliveira do Botafogo , Ney Franco do Vitória (foto) e o próprio Jaime no limitado Flamengo.

Todos podem até se espantar com a não lembrança do Wagner Mancine do Atletico Paranaense (foto), assim como do Renato Gaucho do Grêmio, mas observamos que estes conseguiram chegar lá na frente com pegada forte na marcação , principalmente de maneira avançada , apostando muito mais  na velocidade de seus atacantes do que na criatividade .

O Goiás em lampejos até conseguia , fundamentalmente enquanto Valter conseguiu passar despercebido pelos marcadores, porém os demais grupos se quer chegaram a encantar. 

O Galo Mineiro com freio puxado, São Paulo e Internacional não se encaixaram , Coritiba, Bahia e Criciúma sem opções correram bastante para se salvarem enquanto que Vasco e Fluminense pagaram caro por não cobrar profissionalismo  de parte dos seus experientes jogadores.

Contudo , acreditamos que em 2014 as disputas serão muito mais equilibradas e parabéns ao Cruzeiro Campeão .




Por Samoel Cunha